Atentado pode testar política de Putin na Síria, dizem analistas

Atentado pode testar política de Putin na Síria, dizem analistas

Um cidadão nascido no Quirguistão, com cidadania russa, é o principal suspeito do ataque a bomba que matou, até agora, 14 pessoas no metrô de São Petersburgo, na segunda-feira, e deixou 50 feridos. Identificado como Akbarzhon Jalilov, ele 

Flores são colocadas em um memorial simbólico na estação do Instituto de Tecnologia do metrô de São Petersburgo. – Dmitri Lovetsky / AP. Publicidade. Últimas de Mundo. Presidente Juan Manuel Santos fala durante missa em memória de vítimas do

MOSCOU – Um cidadão nascido no Quirguistão, com cidadania russa, é o principal suspeito do ataque a bomba que matou, até agora, 14 pessoas no metrô de São Petersburgo, na segunda-feira, e deixou 50 feridos. Identificado como Akbarzhon Jalilov, ele

"A explosão no metrô de São Petersburgo demonstra a necessidade de uma luta conjunta contra o terrorismo", declarou, nesta terça-feira (4), o ministro russo das Relações Externas, Serguei Lavrov. Vagão atingido por bomba no metrô de São Petersburgo.

Related posts