STF libera conteúdo da delação dos donos da JBS

stf-libera-contedo-da-delao-dos-donos-da-jbs
STF libera conteúdo da delação dos donos da JBS
Temer articula negociações com aliados para continuar na Presidência

O Supremo Tribunal Federal liberou, nesta sexta-feira (19), o conteúdo das delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, no âmbito da Operação Lava Jato. As delações foram homologadas pelo ministro Luiz Edson Fachin, 

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – O STF (Supremo Tribunal Federal) divulgou no final da tarde desta quinta (18) o áudio da conversa entre o presidente Michel Temer e Joesley Batista, dono do frigorífico JBS. O diálogo tem cerca de 38 minutos e sua
Dono da JBS acusa Temer de pedir propina desde 2010
Dono da JBS acusa Temer de pedir propina desde 2010
Brasília – O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin, relator da operação Lava Jato, apontou no despacho de abertura do inquérito que tem entre os investigados o presidente Michel Temer que não há ilegalidade nos áudios. São Paulo – O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou nesta quinta-feira (18) as gravações feitas pelo empresário Joesley Batista, da JBS, em uma conversa com Michel Temer. O diálogo, de cerca de 30 minutos, aconteceu no último dia 7 de março,

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou na tarde desta sexta-feira o acesso à delação premiada dos donos e executivos da JBS. Saiba o que de mais importante Joesley Batista e seus executivos contaram à força-tarefa da Lava-Jato em seu acordo de

Vieram à público no início desta noite o áudio da conversa entre o presidente Michel Temer (PMDB) e o empresário Joesley Rodrigues, dono da JBS. Em encontro, ocorrido no dia 7 de março no Palácio do Jaburu, os dois teriam tratado sobre o suposto

247 – O golpe contra a democracia brasileira, liderado pelo senador afastado Aécio Neves e pelo ex-deputado Eduardo Cunha, em benefício de Michel Temer, foi alimentado por pagamentos de propina, segundo a delação de Joesley Batista. Um dos. Quem esperava cenas de corrupção explícita na gravação da conversa entre o empresário Joesley Batista e o presidente MIchel Temer se frustrou. Não que “a montanha tenha parido um rato”, como se tem dito em Brasília. Mas o áudio é bem mais. Já foi divulgada a conversa entre o Presidente do Brasil e o empresário Joesley Batista. Na gravação, Michel Temer parece concordar com o suborno que estaria a ser pago ao ex-deputado Eduardo Cunha, que está preso por suspeitas de corrupção no. O presidente do Brasil, Michel Temer, foi gravado pelos donos da empresa JBS, uma das maiores produtoras de proteína animal do mundo, a autorizar o pagamento de um suborno ao ex-deputado Eduardo Cunha. A informação foi divulgada na noite de

Depois de tudo o que se passou com Dilma Rousseff, é agora Michel Temer que está à beira do abismo. 15 3 3. Guardar Imprimir. Na quarta-feira Joesley Batista e o seu irmão Wesley, donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do mundo, foram. Aliados do presidente Michel Temer (PMDB), entre eles o deputado por Mato Grosso do Sul, Carlos Marun (PMDB), revelaram que ele já sabia que o empresário Joesley Batista, dono da JBS, dava dinheiro ao ex-presidente da Câmara e deputado cassado


STF libera conteúdo da delação de donos da JBS

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou há pouco a íntegra da delação premiada dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos do grupo JBS, controlador do frigorífico Friboi. A medida foi tomada após o ministro Edson Fachin homologar os

O Supremo Tribunal Federal (STF) liberou nesta sexta-feira (19) o conteúdo das delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS. Os dois depuseram no âmbito da operação Lava Jato e tiveram suas delações homologadas. O STF (Supremo Tribunal Federal) divulgou no fim da tarde desta quinta-feira (18) as gravações que envolvem o presidente Michel Temer (PMDB). Os áudios que apontam a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha incitaram, após divulgação do. Os donos da JBS, Joesley Batista e seu irmão Wesley Batista, gravaram uma conversa em que o presidente Michel Temer supostamente dá aval para a compra do silêncio do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso na Operação Lava Jato.


Delação de donos da JBS é divulgada pelo STF e tem cerca de 2 mil páginas

SÃO PAULO – O presidente Michel Temer divulgou uma nota na noite desta quarta-feira (17) após notícia do jornal O Globo de que ele teria autorizado os donos da JBS a comprar o silêncio de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso desde outubro no âmbito da


'Bloomberg': Acordo de irmãos da JBS arrasta Brasil para grande crise

Não há ilegalidade em áudios gravados por Joesley, diz Fachin
Não há ilegalidade em áudios gravados por Joesley, diz Fachin

As gravações feitas pelo empresário Joesley Batista durante conversa com o presidente Michel Temer continuarão a fazer estragos nesta sexta-feira (19). Após o levantamento do sigilo do diálogo, determinado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal

Related posts