Deputado Rocha Loures chega ao Aeroporto de Guarulhos e não

deputado-rocha-loures-chega-ao-aeroporto-de-guarulhos-e-no
Deputado Rocha Loures chega ao Aeroporto de Guarulhos e não
Temer recebeu R$ 15 milhões da JBS, afirma diretor da empresa

O deputado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-PR), citado na delação do empresário Joesley Batista por supostamente ter atuado no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em troca de propina, acaba de retornar ao Brasil. O voo dele pousou 

Inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal para investigar Michel Temer, o ex-senador Aécio Neves (PSDB) e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), tendo como base as delações premiadas dos empresários Joesley e Wesley batista,

Sob vaias e gritos de “ladrão”, Rodrigo Rocha Loures desembarcou na manhã desta sexta-feira no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O deputado estava nos Estados Unidos e o voo que o trouxe de Nova York pousou em São Paulo às 6h15. Ouça os. Na avaliação dos aliados do governo, o trecho mais grave da conversa de 39 minutos de Michel Temer com Joesley Batista, é quando o presidente destaca um deputado ligado a ele, Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), para “ajudar a destravar” problemas

O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), que foi filmado recebendo uma mala de dinheiro da JBS, segundo o jornal "O Globo", chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira (19). Loures é apontado como intermediário do presidente Michel. Manchete do jornal O Globo: “NÃO RENUNCIAREI”. Em gravação, Temer ouve dono da JBS relatar crimes. Manchete do jornal Folha de S.Paulo: Temer afirma que não renuncia; áudio sobre Cunha é inconclusivo. Manchete do jornal O Estado de S.Paulo:


PSOL e Rede preparam pedido de cassação de Rocha Loures

Indicado de Temer para receber propina desembarca em São Paulo sob gritos de 'ladrão'
Indicado de Temer para receber propina desembarca em São Paulo sob gritos de 'ladrão'
O deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) aceitou propina de R$ 15 milhões para resolver pendências da J&F, holding que controla a JBS, no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), conforme pedido de inquérito enviado pela. O deputado Rodrigo da Rocha Loures (PMDB-PR), citado na delação do empresário Joesley Batista por supostamente ter atuado no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em troca de propina, acaba de retornar ao Brasil. O voo dele pousou


Indicado de Temer para receber propina desembarca em São Paulo sob gritos de 'ladrão'

O presidente Michel Temer (PMDB), o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) serão investigados em conjunto, no mesmo inquérito no Supremo Tribunal Federal. O ministro Edson Fachin, relator

A gravação divulgada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) nesta quinta-feira (19/5) mostra que o dono do grupo JBS, Joesley Batista, e o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB/PR) tinham livre acesso ao Palácio do Jaburu para conversar com o

SÃO PAULO – O presidente Michel Temer teria recebido, em 2014, R$ 15 milhões da J&F, referente ao saldo do PT com a companhia, e repassou parte dos montantes a Paulo Skaf e a Eduardo Cunha, segundo o termo 25 de delação premiada de Ricardo

O deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) chegou ao Brasil na manhã desta sexta-feira sob protestos. Ele foi citado em delação do dono do grupo JBS, Joesley Batista, envolvendo o presidente Michel Temer. Michel Temer, presidente do Brasil,

O empresário Joesley Batista ressaltou a necessidade de ter um presidente do Cade 'ponta firme', em conversa gravada com o presidente Michel Temer, no dia 7 de março deste ano. O Cade é o Conselho Administrativo de Defesa Econômica, órgão. A manhã foi bem movimentada tanto na Câmara quanto no Senado, tudo para acompanhar o trabalho de busca e apreensão no prédio. Os agentes chegaram por volta das 6h e saíram às 11h, com malotes contendo material apreendido nos gabinetes dos

BRASÍLIA – O deputado Rocha Loures (PMDB-PR) disse para o dono da JBS, Joesley Batista, fechar porteiras que poderiam ser abertas pela delação da Odebrecht. A conversa foi gravada por Joesley, que fechou ele próprio acordo de delação premiada.

Related posts