PM acha 66 celulares durante revista em prisão de Manaus

pm-acha-66-celulares-durante-revista-em-priso-de-manaus
PM acha 66 celulares durante revista em prisão de Manaus
No AM, 381 armas artesanais e 66 celulares são apreendidos em cadeia

Parentes de presos brigam em fila para entregar alimentos, em …Globo.com

Número de presos triplicou desde 2000, em grande parte devido à política de “guerra às drogas”. População prisional excede em 42% o número de vagas. Por Luis Leiria, do Rio de Janeiro. 13 de Janeiro, 2017 – 10:27h. Luís Leiria · Tweet Widget. Parentes

Cenário da segunda maior tragédia carcerária do País, Manaus (AM) vive momentos de medo dentro e fora das prisões 12 dias após o início da onda de mortes que expôs o caos do sistema penitenciário. As forças de segurança estão focadas nos presídios,

Nos dois primeiros dias de janeiro, ocorreu uma rebelião no Complexo Penitenciária Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, que foi manchete em todos os jornais do Brasil. A briga entre as facções criminosas PCC (Primeiro Comando da Capital), originária de. Presos chegaram ao aeroporto no início da tarde de hoje. (Foto: Sandro Pereira/ Portal D24 AM). Dezessete suspeitos de terem comandado o massacre que executou mais de 60 detentos em presídios do Amazonas, no primeiro dia do ano, no Compaj. O embarque dos presos iniciou às 12h45, em um avião da Polícia Federal, que decolou às 13h05. Do lado de fora, familiares gritavam pelos detentos. Foto: Sandro Pereira. Atualizada às 14h45. Manaus – Dezessete presos, sendo 12 do Complexo

Dezessete presos do Amazonas suspeitos de participar do massacre em unidades prisionais de Manaus foram transferidos nesta quarta-feira (11) para presídios federais. De acordo com a Polícia Civil, eles teriam liderado os homicídios no Complexo

O medo que assola Manaus após as mortes nos presídios da cidade

As transferências foram autorizadas pela Justiça Federal. Quatorze presos cumpriam pena no Compaj e três na UPP. Portal Amazônia, com informações da Agência Brasil. jornalismo@portalamazonia.com

Brasil: 4ª maior população carcerária do mundo é barril de pólvora

Não foi acidente
Não foi acidente

A Polícia Militar (PM) do Amazonas e a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) deram continuidade quinta-feira(12) às revistas nas celas das unidades prisionais do estado. Passaram pela revista as celas do Centro de Detenção

No AM, 381 armas artesanais e 66 celulares são apreendidos em cadeia
No AM, 381 armas artesanais e 66 celulares são apreendidos em cadeia

Do lado de dentro, condições insalubres, isolamento e uma permanente tensão causada por frequentes rebeliões e ameaças de morte. Do lado de fora, os parentes dos presos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e da cadeia pública Vidal. Absolvido três vezes por tráfico de drogas e homicídio, o detento que denunciou um suposto esquema de facilitação de entrada de drogas, armas e telefones celulares no Compaj (Complexo Penitenciário Anísio Jobim), em Manaus, Gezildo Nunes da Silva,

Revista realizada no Centro de Detenção Provisório de Manaus (CDPM) apreendeu diversos objetvos proíbidos dentro de unidades prisionais, entre eles estoques – armas artesanais, 45 ferramentas e 66 celulares. O balanço da fiscalização foi divulgado na. O governo do Amazonas começou a transferir nesta quarta-feira (11) 17 detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e da Unidade Prisional do Puraquequara, em Manaus, onde foram mortos na semana passada 60 presidiários; também. Ao ingressarmos na cadeia ouvíamos o coro geral: “Clareou!” Esta era a senha para que tudo o que não pudesse aparecer no documentário fosse escondido. 13/01/2017 – 10h04. Leandro Pontes, O Globo. Manaus não tá assim porque o crime ainda não se

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) realizaram, nesta quinta-feira (12), o procedimento de revista no Centro de Detenção Provisório de Manaus (CDPM). Estoques, dinheiro, celulares e

Em dia de revista em prisões de Manaus, PM encontra 66 celulares
Em dia de revista em prisões de Manaus, PM encontra 66 celulares

O responsável por tentar controlar a crise nas cadeias do Amazonas define o sistema penitenciário do Estado como "um caos", com armas de fogo em todas as unidades, presos "aterrorizados" e uma gestão incapaz de conter grandes rebeliões. Secretário. A polícia realiza uma revista no Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM), em Manaus, na manhã desta quinta-feira (12). A unidade é a mesma onde presos fizeram um motim e tentaram fugir no dia 2 deste mês. O CDPM está localizados na

Related posts